News

O retorno do maior queimador de mídias - Programa é best seller em software de gravação. – Diário do Comércio – 15/12/2009.

Programa é best seller em software de gravação.

Por: Luiz Carlos de Assis

Única empresa da área de softwares de gravação de CD/DVD com representação no Brasil, a Nero AG, da Alemanha, tem no País um mercado altamente consumidor de mídias regraváveis e, assim, deste tipo de programa. A cada mês, os servidores da Nero fazem cerca de 60 mil downloads só para os consumidores brasileiros – alguns são testes, outros são atualizações, mas boa parte se transforma em vendas. Não se pode imaginar qualquer computador com gravador de mídia (e hoje particamente todos têm) sem um programa tão essencial como o Nero.

O potencial, assim, é o mesmo do parque instalado de computadores no Brasil, segundo o country manager da empresa, Max Gorissen.

Isso sognifica algo como 60 milhões de máquinas, um para cada três brasileiros, de acordo com a última Pesquisa Anual do Uso de Informática, realizada pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e divulgada no início de 2009. É bem possível que você compre uma máquina que já venha com o Nero instalado. A empresa é a maior fornecedora de programa de burning no mercado de computadores OEM, isto é, aquelas máquinas que já vem com vários softwares. Também tem a ajuda dos burners gratuitos e das suas próprias cópias piratas.

“Nesses casos, os usuários sempre terminam por comprar nosso software na versão completa”, diz Gorissen.

A Nero, informa ele, está de olho em uma nova onda, que a empresa chama de Mídia Líquida (Liquid Mídia). A idéia é que se possa transferir música, imágens, filmes, games de qualquer equipamento para outro: computadores, notebooks, netbooks, celulares e smartphones. Mais: os arquivos podem ser enviados para sites de relacionamento, páginas de sites e comunicadores instantâneos.

Isso pode aumentar a pirataria? Sim, programas de reprodução de CD/DVD carregam esse problema desde sempre. Segundo Gorissen, a pirataria é uma realidade cultural, e não pode ser atribuída só ao software de gravação.

Diferentemente dos softwares gratuitos, entretanto, a Nero inclui funcionalidades e restrições a cada versão para que o software não possa ser utilizado para replicar ilegalmente material com direitos autorais. (L.C.A.)

 

 




VOLTAR
  Copyright © 2000-2015 by CompuStream. Todos os direitos reservados Design by: Immaginare  
Home    |    Representação Intl.    |    Consultoria    |    Internet Business    |    Política de privacidade    |    Termos de uso    |    Contato